Logotipo Oscal
Plataforma Sanofi de Cálcio
Só para residentes do Brasil

Por que a perda de massa óssea aumenta após a menopausa?

Quando uma mulher está na menopausa, ela precisa ter cuidado com várias partes do seu corpo, inclusive com seus ossos. Na menopausa, as mulheres apresentam queda de um hormônio que esteve presente em suas vidas em níveis relativamente altos desde a adolescência relacionado à função reprodutiva chamado estrogênio.  Esse hormônio que, nas mulheres, também protege a força dos ossos diminui agudamente em torno da época da última menstruação, o que pode causar perda óssea. Se o pico de massa óssea de uma mulher for menor que o ideal antes da menopausa, qualquer perda óssea que ocorra durante a menopausa pode resultar em osteoporose, uma condição na qual os ossos se tornam frágeis e fraturam com mais facilidade. Estima-se que as mulheres percam, em média, até 10% de sua massa óssea nos primeiros cinco anos após a menopausa, e pesquisas sugerem que cerca de metade das mulheres com mais de 50 anos terá pelo menos uma fratura devido à osteoporose.

Reduzindo a taxa de perda óssea durante a menopausa

Em torno da época da menopausa (entre os 40 e os 60 anos),uma mulher pode diminuir a taxa de perda óssea e reduzir seu risco de desenvolver osteoporose com algumas mudanças de estilo de vida:

Referências:

National Osteoporosis Foundation. What women need to know. Disponível em:<URL access: www.nof.org/articles/235>.

Better Health, Menopause and osteoporosis, abril de 2014. Disponível em: <www.betterhealth.vic.gov.au/bhcv2/bhcarticles.nsf/pages/menopause_and_osteoporosis>.

Osteoporosis Australia. Risk factors, junho de 2014 - Disponível em: <www.osteoporosis.org.au/risk-factors>.